20 de Outubro de 2018 - 05:05
10/08/2018 - 13h15 INOVANDO

Bruno Cunha Lima anuncia criação de aplicativo que tornará mandato “interativo e aberto”

Por Blog do Ninja

Já pensando na perspectiva de se eleger para a Câmara Federal, o deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB) anunciou a criação de um aplicativo para o seu mandato, em que pretende ter uma maior interatividade e contar com a participação popular direta.

De acordo com o deputado o mundo vive um período de revolução pós-digital e na política não deve ser diferente.

Bruno detalhou em uma postagem nas suas redes sociais que a população poderá participar e influenciar nas suas decisões na Câmara através do aplicativo, diminuindo desta forma a distância entre político e eleitores.

“Você vai participar e influenciar as minhas decisões como Deputado Federal através do nosso aplicativo, onde você vai poder acompanhar as votações e opinar nos projetos, sabendo que eu vou me posicionar de acordo com o resultado que vocês indicarem no app” detalhou ele na legenda.

Confira:

View this post on Instagram

Não é novidade pra ninguém que uma boa parte dos “políticos” não consegue mais representar nada além dos seus interesses pessoais. É assim que funciona! Quando um eleitor troca/vende seu voto por algum benefício pessoal, ele elege alguém que vai representar a mesma coisa. Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha? Na eleição é a mesma dúvida: só tem quem venda porque tem quem compre e só tem quem compre porque tem quem venda. . A gente vive o período das revoluções pós digitais! O “mindset” (pensamento) desse tempo é #exponencial – tem pra todo mundo e o que tá na mão da gente precisa ser compartilhado. Essa é a lógica do UBER, Cabify, AirBnb e dessas plataformas de compartilhamento de propriedade. . Na política não seria diferente! Pra que você seja bem representado, nosso mandato vai ser interativo e aberto. Você vai participar e influenciar as minhas decisões como Deputado Federal através do nosso aplicativo, onde você vai poder acompanhar as votações e opinar nos projetos, sabendo que eu vou me posicionar de acordo com o resultado que vocês indicarem no app. . Obviamente, isso vai ser limitado aos meus princípios e valores (expostos com antecedência, pra que ninguém ‘compre gato por lebre’). Por exemplo, por ser cristão, o app pode indicar 101% de posicionamentos favoráveis a um projeto que legalize o aborto e mesmo assim eu vou votar contra, da mesma forma se o projeto em votação previr aumento de impostos (pra citar apenas dois exemplos, por enquanto!). . Essa foto foi domingo, depois do culto na Batista de Manaíra (Batistinha) com Aécio Jr, líder de jovens da igreja. A geração da gente precisa fazer a diferença, mudar, sabendo o que precisa ser mudado e mudar com qualidade, sem se comprometer com o erro de quem quer que seja – daqueles de quem a gente diverge ou daqueles com quem a gente se parece. . Qualquer dúvida, tô aqui pra gente debater! (Registrando o boa influência que a @raps_brasil exerceu nessa decisão e a inspiração no exemplo do amigo @gabrielazevedo) . #BRUNOmerepresenta #PraFazerMais #soudotimedotrabalho #vocênoCongressoNacional

A post shared by Bruno Cunha Lima (@brunocunhalima) on

Share

Henrique Lima

É graduado em Comunicação Social e Licenciatura em História pela UFPB e Bacharel em Direito pela Faculdade Maurício de Nassau. Amante dos bastidores da política, há sete anos atua como repórter do programa Correio Debate, na rede Correio Sat.

Contato