18 de Fevereiro de 2019 - 03:43
08/02/2019 - 17h57 XADREZ POLÍTICO

Para beneficiar suplentes, base governista deve sacrificar pelo menos três titulares na ALPB

Por Blog do Ninja

O xadrez político na Assembleia Legislativa da Paraíba tende a ficar tenso nos próximos dias, tudo porque ainda não se sabe quem serão os três titulares que irão para o sacrifício para que os suplentes, que não conquistaram o voto, a exemplo de Lindolfo Pires (Podemos) e Anísio Maia (PT), sejam beneficiados.

Na bolsa de apostas, até agora, apenas Hervázio Bezerra, do PSB e João Gonçalves, do PDT, são cotado para ocupar pastas na gestão Azevêdo para poder dar espaço aos suplentes.

Já para proporcionar um mandato para Anísio Maia, basta apenas mexer em uma peça no xadrez. Sendo assim, três titulares devem ser remanejados ou se licenciar do mandato a fim de que o xeque mate possa ser efetivado. No caso de Anísio, um dos quatro deputados eleitos pelo Avante é que deve se licenciar do mandato, só ainda não se sabe qual deles irá para o sacrifício, já que dois são novatos e querem sentir o gostinho do poder, são eles únior Araújo e Taciano Diniz, outro foi recentemente eleito vice-presidente da Casa, que é Genival Matias, e o quarto é Tião Gomes (Avante), que em outras legislaturas já cedeu espaço na Casa para beneficiar os suplentes da coligação;

Segundo informações apuradas pelo Blog do Ninja, um outro nome que também poderia  bater em retirada temporária do parlamento seria o de Buba Germano. Ele ainda não fala publicamente sobre o tema, mas nos bastidores a informação já estaria ganhando força, sobretudo depois do desfecho da eleição da Mesa, que deixou o socialista fora do páreo.

Share

Henrique Lima

É graduado em Comunicação Social e Licenciatura em História pela UFPB e Bacharel em Direito pela Faculdade Maurício de Nassau. Amante dos bastidores da política, há sete anos atua como repórter do programa Correio Debate, na rede Correio Sat.

Contato