• domingo, 19 de maio de 2024

O ex-presidente Jair Bolsonaro planeja uma visita à capital paraibana em fevereiro, com o objetivo de fortalecer o respaldo político ao ex-ministro Marcelo Queiroga, que é pré-candidato a prefeito de João Pessoa pelo PL. A movimentação do ex-presidente acontece diante da rejeição do triunvirato formado pelo deputado federal Cabo Gilberto (PL), o deputado Walber (PL) e o comunicador Nilvan Ferreira (PL) ao nome do médico para sucessão na capital.

Embora a data ainda não tenha sido definida, a assessoria do ex-ministro da Saúde assegura que a visita ocorrerá no próximo mês de fevereiro. Marcelo Queiroga almeja utilizar a influência de Bolsonaro em João Pessoa, principalmente considerando o desempenho do ex-presidente nas eleições presidenciais de 2022, para obter êxito em sua primeira disputa eleitoral à prefeitura.

No segundo turno das eleições presidenciais de 2022, Bolsonaro conquistou 49,9% dos votos válidos em João Pessoa, enfrentando Lula, que obteve 50,1%, uma diferença de apenas 925 eleitores. Dentre as nove capitais nordestinas, onde o petista recebeu quase 70% dos votos válidos, a capital paraibana registrou o resultado mais apertado em 30 de outubro daquele ano.

Como um dos poucos ex-ministros bolsonaristas que deve participar das urnas em 2024, ao lado do ex-chefe do Turismo Gilson Machado no Recife, Queiroga expressa otimismo diante das pesquisas realizadas no final do ano passado, que o colocam com aproximadamente 5% das intenções de voto. Contudo, o atual prefeito, Cícero Lucena (PP), lidera as pesquisas.

Ao comentar sobre sua candidatura, Queiroga afirmou à coluna Radar, da Veja, que, surpreendentemente, 70% das pessoas ainda não o conhecem, destacando a baixa rejeição, semelhante ao ocorrido com Tarcísio de Freitas, ex-ministro da Infraestrutura e governador de São Paulo, nas eleições de 2022. O cardiologista demonstra confiança ao afirmar: “Por incrível que pareça, vamos ganhar!”

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.